terça-feira, junho 28, 2011



Corri demasiado depressa para não deixar fugir aquele meu sonho. Quando me apercebi, já não dava para parar. Ele fez-me cair numa ruína, da qual já não fui capaz de sair. E, num instante, aquele sonho tornou-se num pesadelo, bem real. Não fui capaz de acordar, por muito que tentasse. Foi aquele sonho que me destruiu.

8 comentários:

Danii disse...

Oh, que textinho mais triste :x

L. disse...

qual sonho?

Cátia Mourisca disse...

oh, então sofs? :|

SofiaCosta disse...

Danii, sim é triste.. mas nem tudo na vida são coisa boas.. :)

SofiaCosta disse...

L. O sonho é segredo, caso contrário eu tinha escrito..

SofiaCosta disse...

Cátia :) obrigada pela preocupação.. O texto foi inspirado em alguém próximo de mim e o descreve é verídico.. mas não é directamente relacionado comigo embora também me afecte um pouco. <3

Cátia Mourisca disse...

oh de nada, sabes que te quero bem! :)

D. disse...

Porque os sonhos também matam, se nos afastarem da realidade!

Sabes, na tristeza também se pode encontrar alegria!

Beijinho*